7 exóticos rituais de acasalamento dos peixes.

Achar um parceiro para se reproduzir é um desafio para qualquer espécie.

E alguns peixes são extremamente criativos na hora de resolver esse desafio.

Tem peixe que briga, tem peixe que muda de sexo.

Alguns fazem barulho e outros até criam arte.

O importante é achar um pretendente para perpetuar a espécie!

Veja agora os 7 mais exóticos rituais de acasalamento dos  peixes!

1. Peixe Palhaço

Adorado por todos, esse peixinho tem características muito interessantes.

1. Peixe Palhaço

Eles vivem em grupos com apenas uma fêmea. Essa fêmea e o macho dominante, são os únicos que procriam.

1. Peixe Palhaço

Todo peixe palhaço nasce macho, mas se no seu grupo, não tiver uma fêmea...

O macho mais forte vira fêmea! Enquanto o segundo macho mais forte, se torna o novo macho dominante.

2. Peixe Betta

Um dos peixes mais amados do aquarismo, a reprodução do betta é ao mesmo tempo bonita e assustadora.

2. Peixe Betta

Quando está pronto para procriar, o macho literalmente cria um ninho de bolhas. 

É nesse ninho que o macho deposita os ovos formados no seu acasalamento com a fêmea.

2. Peixe Betta

Além disso, durante o seu ritual de acasalamento, o macho persegue a fêmea, sendo possível até que ela se machuque no processo.

Mas após essa perseguição, eles se abração, enquanto a fêmea solta os ovos e o macho os fecunda.

3. Cavalo Marinho

Além do seu visual já ser muito exótico, o ritual de acasalamento dos cavalos marinhos é de dar inveja em muita gente.

3. Cavalo Marinho

O cortejo entre o macho e fêmea dura muitos dias.

E durante esse período, todas as manhãs eles dançam juntos, mudando de cor e até entrelaçando suas caudas.

3. Cavalo Marinho

E para finalizar, ainda é o macho que carrega os filhotes na barriga até que eles nasçam!

4. Baiacu

Com seu nado e formato engraçado, o baiacu chama atenção por onde passa.

4. Baiacu

O Baiacu macho, cria verdadeiras obras de arte no fundo do oceano, com designs circulares e muito complexos.

A fêmea é atraída por esses padrões. E após os dois acasalarem, ela deposita seus ovos, bem no meio dos círculos.

5. Peixe Pescador

Esse peixe monstruoso, também tem um método de acasalamento muito estranho.

5. Peixe Pescador

Então, ele simplesmente se agarra na fêmea, e solta enzimas que, de fato, grudam os dois juntos.

O macho dessa espécie, além de muito menor que a fêmea, também não tem um sistema efetivo para se alimentar

5. Peixe Pescador

É dessa maneira que ele compartilha da nutrição da fêmea, e também é assim que ele consegue passar seu esperma para ela.

6.  Aplodinotus grunniens

Conhecido na América do Norte como Tambor de Água Doce, esse peixe atrai sua fêmea fazendo estrondos e grunhidos. Alguns pescadores falam que o peixe vibra como um celular.

6.  Aplodinotus grunniens

Após atrair a fêmea, os ovos são soltos na água. E eles flutuam com a correnteza, se espalhando por muitos e muitos quilômetros.

7. Hypoplectrus

Os peixes desse genero, mudam de sexo, assim como o peixe palhaço. Mas neste caso, é ainda mais interessante.

7. Hypoplectrus

Eles mudam de sexo muitas vezes durante o acasalamento. Alternando seus papéis.

Como fêmeas, ambos produzem os ovos. Já quando estão no papel do macho, eles fertilizam os óvulos. Ou seja, ambos tem participação em todos os passos.

Mais Webstories para você!

Quer criar um aquário e não sabe como começar?

Veja os links abaixo! Aprenda a cuidar melhor do seu aquário e ter peixes mais bonitos, que vivem mais tempo!