Logo PeixeseAquarismo.com

Peixes de aquário: Tipos e principais espécies de peixes ornamentais

A popularidade dos aquários aumenta a cada ano, eles nos ajudam a relaxar e nos conectam a natureza. Apesar de serem extremamente populares, a maioria das pessoas não sabe muito bem os tipos de peixes de aquário que existem e muito menos, quais espécies se destacam no hobby. Esse conhecimento é fundamental para que você possa planejar o tipo de aquário você quer ter, e quais peixes quer colocar lá dentro. Vamos falar então, dos diferentes tipos de peixes de aquário e também das espécies que se destacam em cada grupo.

Quando falamos de peixes de aquários, podemos os dividir em dois grupos principais. Os de água doce e os de água salgada. Esse é a principal diferença entre eles, e isso define que tipo de aquário você vai ter. Por exemplo, se você quiser ter um peixe betta, você vai precisar ter um aquário de água doce. Agora, se você quiser ter um peixe palhaço (como o do filme do Nemo), você precisa de um aquário de água salgada.

Peixes de Aquário para Água Doce

Esses são aqueles peixes que são originalmente de rios, lagos, lagoas e outros corpos de água doce. Eles são os mais comuns nos aquários do mundo todo, até porque costumam ser mais baratos e fáceis de manter. Ainda assim, são peixes lindos, coloridos e de comportamento cativante. A variedade de espécies de peixes de água doce para aquário é gigante! Existem peixes minúsculos, peixes gigantes, peixes extremamente pacíficos e até alguns super predadores. A seguir, vamos destacar algumas das principais espécies de peixes de aquário para água doce.

Peixe Betta

Esse lindo peixe dispensa apresentações, é um dos mais famosos peixes de aquário do mundo. É conhecido também como peixe de briga, mas ele não é exatamente isso, já que é um peixe territorialista, mas que pode viver com vários outras espécies. Vale lembrar que bettas machos, nunca devem viver com outros bettas (nem machos, nem fêmeas), no entanto as fêmeas, costumam poder viver com outras fêmeas.

É um peixe resistente, mas isso não significa que ele não exija alguns cuidados. A pior coisa que pode ser feita para um betta é o manter em um aquário pequeno, sem filtro e aquecedor. Então, se quiser ter um betta bonito, que viverá por anos, dê a ele um aquário com tudo que ele merece.

  • Nome científico: Betta splendens
  • pH: 6.6 – 7.4
  • Tamanho: 8 cm
  • Temperamento: Territorialista
Peixe betta

Tetra Neon

Outro peixe extremamente famoso, facilmente reconhecido pelas suas cores brilhantes. É um animal encantador, que vive em cardumes, portanto sempre tenha pelo menos 5 no aquário (quanto mais, melhor). É um peixe inofensivo, que não ataca outras espécies. No entanto, cuidado com peixes muito maiores, pois podem os considerar alimento.

É muito comum o encontrar em aquários plantados, já que devido ao seu comportamento e tamanho pequeno, não danifica as plantas. Além disso, suas cores criam um lindo contraste com o verde das plantas de aquário.

  • Nome científico: Paracheirodon axelrodi
  • pH: 4,0 – 7,0
  • Tamanho: 2.5 a 4 cm
  • Temperamento: Pacífico
Tetra Neon

Kinguio (Peixinho dourado)

O famoso peixinho dourado é adorável, isso é inegável. Além disso, sua variante original, o Kinguio Comum, é extremamente resistente. Apesar de lindo, ele exige aquários muito grandes, já que quando adultos podem chegar até a 50 cm (raro).

Guia Definitivo do Betta
Guia Definitivo do Betta

São peixes não muito recomendados para aquários plantados, até porque são famosos por comer alguns tipos de plantas. Além disso, é muito comum que eles mexem no substrato, decorações e qualquer outra coisa dentro do aquário, o que certamente levantaria muitas plantas em aquário plantado.

  • Nome científico: Carassius auratus
  • pH: 7.0 a 7.4
  • Tamanho: Entre 10 cm a 30 cm em geral, mas podem chegar a 50 cm.
  • Temperamento: Pacífico
Peixinho dourado - Kinguio

Acará Bandeira

Mais um peixe clássico em aquários de água doce, seu formato triangular é bastante marcante. Possuem as mais diversas cores, variando de totalmente branco, à totalmente preto. Podem crescer bastante, chegando até 15 cm.

Espécie originalmente da América do Sul, mas hoje é popular no mundo todo. Quanto ao comportamento, são relativamente pacíficos, mas podem ter brigas entre machos da mesma espécie. Deve-se evitar ter muitos machos no mesmo aquário, especialmente se não for um aquário muito grande.

  • Nome científico: Pterophyllum scalare
  • pH: 5.5 a 7.4
  • Tamanho: 15 cm
  • Temperamento: Pacífico, com disputas entre machos da mesma espécie
Acará Bandeira

Limpa Vidro

Outro peixinho bem emblemático, o famoso Limpa Vidro, passa quase todos os seus dias comendo as algas presentes nos trocos, pedras, e é claro, no vidro do aquário. É um animal totalmente pacífico, então consegue viver bem até mesmo com pequenos camarões.

Sua aparência exótica, com boca no formato de ventosa, é uma grande adição à qualquer aquário. Ele é uma ótima opção de peixes que come alga para aquários pequenos, já que uma boa parte dos peixes considerados “algueiros” são peixes muito grandes.

  • Nome científico: Otocinclus affinis / Otocinclus vestitus / Otocinclus vittatus
  • pH: 6,0 – 8,0
  • Tamanho: 3 a 5 cm
  • Temperamento: Pacífico
Peixe Limpa Vidro - otocinclus

Cascudo

O nome cascudo se refere à uma grande quantidades de espécies da família Locariidae (a mesma do Limpa Vidro). São peixes de visual exótico, já que são revestidos com placas ósseas e sua boca também é em formato de ventosa.

Existem mais de 200 espécies de cascudo, cada uma com suas próprias características. Eles tem tamanho, cores e padrões diferentes, sendo que algumas das espécies mais comum são o Cascudo Comum, Cascudo-Zebra e Cascudo Tigre.

Quer conhecer nossos aquários, enviar perguntas e receber as melhores dicas de aquarismo? Se inscreva aqui!

  • Nome científico: Hypostomus plecostomus
  • pH: 6,0 – 8,0
  • Tamanho: até 50 cm (30 cm em média)
  • Temperamento: Pacífico
Cascudo

Acará Disco

Mais uma espécies popular de Acará (assim como o Bandeira), esse é muitas vezes considerado o rei do aquário de água doce. Com inúmeras cores e padrões é realmente um banquete para os olhos. Com seu corpo achatado e redondo, chama a atenção de todos.

No entanto, é um peixe considerado sensível e os parâmetros do aquário devem ser respeitados a todo custo. Além disso, é um peixe tímido com tendência ao estresse, o que deve ser considerado na hora de montar e posicionar seu aquário.

  • Nome científico: Symphysodon aequifasciatus
  • pH: 6- 6,5
  • Tamanho Adulto: Até 25 cm, em média 15 cm
  • Temperamento: Pacífico, porém na época da reprodução pode mostrar agressividade
Acará Disco

Guppy

Extremamente popular no mundo todo, mas originalmente da América do Sul. Chama muita atenção devido às suas caudas longas e cores fortes. Além disso, seu pequeno tamanho também é uma das principais características da espécie.

São peixes muito resistentes e ótimos para iniciantes no hobby. É um peixe vivíparo e que se reproduz com muita facilidade. Dessa maneira, apenas um casal de guppys pode acabar gerando dezenas (ou centenas) de filhotes em pouco tempo.

  • Nome científico: Poecilia reticulata
  • pH: 7.0 – 8.5
  • Tamanho: 5 cm
  • Temperamento: Pacífico
Guppy

Mato Grosso

Lindo peixe da família dos tetras, com coloração vermelha e temperamento muito ativo. É mais um peixe de cardume, então deve ser mantido com pelo menos mais 5 da mesma espécie. É pequeno e muito comum em aquários plantados.

Apesar de pacífico, pode ter o irritante hábito de mordiscar a cauda de outros peixes, especialmente peixes lentos e de caudas longas. É um animal muito curioso e interessante de se observar no aquário.

  • Nome científico: Hyphessobrycon eques
  • pH: 5.0 a 7.6
  • Tamanho adulto: Até 4 cm
  • Temperamento: Pacífico
Tetra Mato Grosso

Coridora

O nome Coridora cobre um enorme quantidade de espécies extremamente populares no aquarismo. Peixes de fundo, com corpo de aparência exótica e com “espinhos” pontiagudos na boca. São uma espécie gregária, que prefere viver com mais peixes da mesma espécie.

Além disso, é muito resistente, conseguindo viver em vários parâmetros de água. Seu comportamento é muito pacífico e até tímido. Possuem diversas cores, padrões e até formatos. Algumas espécies têm apenas 2 cm, enquanto outras chegam à 6 cm.

  • Nome científico: Corydoras
  • pH: 6 – 7.2
  • Tamanho: 6cm
  • Temperamento: Pacífico
Coridora albina

Carpa

Um dos mais antigos peixes a serem usados como peixes ornamentais, as carpas fascinam à todos. São peixes lindos, com os mais diversos padrões e cores. Além disso, aguentam temperaturas muito frias, ao contrário dos peixes tropicais.

É um peixe que cresce muito, podendo chegam até mais de 1 metro em alguns casos raros. Por isso mesmo, esses peixes costumam ser criados apenas em lagos. Para os manter em aquários, é necessário ter um aquário extremamente grande.

  • Nome científico: Cyprinus carpio
  • Faixa de Ph: 7- 7.6
  • Tamanho adulto: 30 – 60 cm, mas pode chegar a 1.2m
  • Temperamento: Pacífico
Carpa

Plati

Um peixe colorido e ativo, o plati é muito resistente, bonito e interessante de se manter em aquários. É mais uma ótima opção para iniciantes, já que aguentam alguns erros no meio do caminho para se tornar um aquarista experiente.

Possui inúmeras variações de padrão e cores, isso acontece devido a sua facilidade em se reproduzir, gerando muitas combinações diferentes. Essa grande quantidade de misturas acaba sendo um dos principais fatores de encanto nesse peixe.

  • Nome científico: Xiphophorus maculatus / Xiphophorus variatus
  • pH: 7,0 – 8,0
  • Tamanho: 6 cm
  • Temperamento: Pacífico
Platis

Peixes de Aquário para Água Salgada

Os peixes de água salgada ainda não são tão comuns no aquarismo, quanto os de água doce. Uma boa parte das pessoas já teve em algum momento da vida, um aquário de água doce, por menos que fosse. No entanto, poucas são as que já se aventuraram com os aquários marinhos. A razão dessa diferença, certamente passa pelos altos preços e pela maior dificuldade desse tipo de aquário.

No entanto, os peixes de água salgada, são alguns dos mais lindos que existem. Eles possuem cores fortes, brilhantes e intensas. Além disso, seu comportamento é encantador, com nado forte e harmonioso. Apesar da dificuldade, ter um aquário marinho bem sucedido, pode ser ainda mais gratificante que um de água doce. Vamos listar agora algumas das melhores espécies de peixes de aquário para água salgada.

Peixe Palhaço

Hoje é o peixe de água salgada mais famoso do mundo, e talvez seja o mais famoso de todos os peixes, na verdade. Devido ao filme de animação “Procurando Nemo” ele se transformou em um fenômeno, principalmente entre as crianças.

Sua popularidade no mundo dos aquários, precede o filme. Sempre foi uma espécie muito querida, principalmente devido a suas cores intensas, comportamento pacífico com outras espécie e também devido a sua relação de simbiose com as anêmonas. É um peixe muito resistente e com preço mais accessível que a maior parte dos peixes de água salgada.

  • Nome científico: Amphiprion ocellaris
  • pH 8.1 – 8,4
  • Tamanho 11 cm
  • Temperamento Pacífico
Peixe Palhaço

Peixe Cirurgião Patela

Esse é outro peixe que pegou carona na fama do “Procurando Nome”. O peixe Cirurgião Patela, é a famosa Dory. Mas também é chamado de Blue tang e, no mundo dos aquários, já era muito querido antes dos filmes.

Além de bonito, é um peixe muito resistente, porém ele cresce muito. Muito mesmo. Então não deve ser mantido em aquários pequenos. Mesmo que ele seja adquirido ainda pequeno, ele cresce muito rápido, portanto, não vale a pena os manter em aquários que não sejam grandes o suficiente para sua versão adulta.

  • Nome científico: Paracanthurus hepatus
  • pH: 8.1 a 8.4
  • Tamanho: Até 25 cm
  • Temperamento: Pacífico
Peixe Cirurgião Patela

Yellow Tang

Peixe muito comum de ser encontrado nos aquários marinhos. Chama muita atenção, principalmente devido a sua cor amarela muito intensa. É recomendado para iniciantes, já que é uma espécie bastante resistente.

É um animal que come algas, podendo ajudar no controle das mesmas nos aquários marinhos. A espécie cresce bastante, podendo chegar a 20 cm. Por isso, necessita um aquário de tamanho adequado para seu desenvolvimento saudável.

  • Nome científico: Zebrasoma flavescens
  • pH: 8.0 – 8.4
  • Tamanho: Até 20 cm
  • Temperamento: Semi-agressivo. Não costuma importunar outros peixes, em aquários grandes. Pode ter problemas com outros da mesma espécie, se não forem introduzidos no aquário ao mesmo tempo, ainda jovens.
Yellow Tang

Peixe Borboleta

Existem várias espécies desse peixe, no entanto são geralmente peixes pequenos que medem de 10 a 12 centímetros (apesar de algumas variações da espécie poderem chegar à 30 cm). Possuem muitas cores e padrões diferentes. Algumas das cores possíveis são preto, azul, vermelho, branco e amarelo.

São animais resistentes, que podem viver em grupos, apesar de algumas variações da espécie preferirem viver sozinhos ou em casais. Infelizmente não é muito indicado para recifes de corais, já que pode beliscar os corais.

  • Nome Científico: Chaetodo
  • pH: 8.1 – 8.4
  • Tamanho: Até 23 cm (comum: 10 à 15 cm)
  • Temperamento: Pode ser territorialista com outros Peixes Borboleta
Peixe Borboleta

Peixe Donzela Green

Esse tipo de Peixe Donzela é uma ótima opção para iniciantes, já que é muito fácil de cuidar. Além disso, é um peixe lindo com cores brilhantes e escamas que refletem a luz, dando um efeito todo especial ao animal.

É um peixe pequeno, podendo chegar até 10 cm. No entanto, não pense que é uma boa ideia colocar ele em um aquário muito pequeno. A Donzela Green é um peixe que gosta de estar com outros da mesma espécie. Dessa maneira, o mantenha sempre com pelo menos 5 companheiros da mesma espécie.

  • Nome Científico: Chromis viridis
  • pH: 8.1 – 8.4
  • Tamanho: Até 10 cm
  • Temperamento: Pacífico, mas pode mostrar sinais de agressividade em períodos de reprodução
Peixe Donzela Green

Escolha sua fauna

É isso, agora você já conhece os peixes de aquário de todos os tipos e as principais espécies que pode escolher. Dessa maneira, já pode montar um belo de um aquário de água doce um salgada. Mas lembre que os peixes precisam ser compatíveis com seu aquário e também entre si. Ou seja, se seu aquário é de água doce, escolha apenas peixes de água doce, e vice versa para aquários marinhos. Outro ponto importante é respeitar o pH, portanto escolha apenas peixes que vivam na mesma faixa desse parâmetro. O último ponto que gostaríamos de reforçar, e é um ponto muito importante, é que não devemos colocar peixes de mais no aquário, é precisa respeitar a quantidade de peixes adequada para o tamanho do aquário. Tomando esses cuidados, você terá um aquário com peixes lindos e saudáveis.

Atualizado em 10 out, 2022

Autor: Rodrigo Matos é aquarista há mais de 20 anos, com dezenas de aquários montados a longo dessas duas décadas. Suas especialidades são aquários plantados e peixes bettas, porém têm experiência com aquários marinhos, aquários nanos, ciclideos, criação de neocaridinas, dentre outros. Atualmente está focado na criação de neocaridinas e em aquários densamente plantados.

Mais sobre Peixes de Água Doce >

Otocinclus
11 peixes de fundo perfeitos para seu aquário
Peixes de Água Doce
Melanotaenia Neon
Arco Íris Neon, Melanotaenia Neon (Melanotaenia praecox): Tudo sobre
Peixes de Água Doce
Acará Bandeira
Acará Bandeira (Pterophyllum scalare). Tudo sobre a espécie.
Peixes de Água Doce
Acará bandeira
Peixes de aquário para iniciantes: TOP 17 espécies para você escolher
Peixes de Água Doce
Colisa Chuna
Colisa Chuna, Colisa Mel (Trichogaster Chuna) – Tudo sobre a espécie
Peixes de Água Doce
Peixes Coloridos
Peixes Coloridos – 18 espécies para encher seu aquário de cor
Peixes de Água Doce

ÚLTIMOS ARTIGOS >

Otocinclus
11 peixes de fundo perfeitos para seu aquário
Peixes de Água Doce
água ficando verde no aquário
Água do aquário ficando verde. Veja por que acontece e como resolver.
Algas
Peixe Colorido
Meu peixe perdeu a cor. Por que isso aconteceu e como resolver?
Doenças de peixes
Aquário cristalino
Como cuidar de um aquário? 12 dicas para ter o aquário perfeito
Iniciante
Água da torneira
Pode colocar água da torneira no aquário?
Manutenção do aquário
Betta triste no aquário
Meu peixe Betta morreu. O que aconteceu?
Peixe Betta