Logo PeixeseAquarismo.com

Melhores Peixes para Aquários Pequenos. Conheça as Espécies.

Comprar peixes de tamanho errado para seu aquário, é um jeito de garantir que ele vai dar errado. Isso é muito importante quando temos um aquário pequeno, porque a escolha acaba sendo um pouco mais limitada.

Em aquários pequenos, devemos dar preferência a peixes como pequenos tretas (neon, mato grosso, foguinho…), bettas, limpa-vidro, paulistinha, lebiste(guppy) e outras espécies de tamanho reduzido. Isso é necessário porque quanto maior o peixe, maior espaço livre ele precisa para se deslocar. Além disso, peixes grandes produzem mais detritos, poluindo o aquário mais rapidamente. Em um aquário pequeno, essa quantidade de poluição pode rapidamente matar os peixes.

Guppies
Guia Definitivo do Betta
Guia Definitivo do Betta

Saiba se seu aquário é pequeno

Para começar, temos que definir o que é um aquário pequeno, já que pessoas tem ideias diferentes sobre tamanho. Muitas pessoas acham que um aquário de 36 litros é grande, mas na verdade, é um aquário pequeno para a maior dos peixes.

A maior parte dos aquaristas consideram aquários com menos de 54 litros como pequenos. Se você é novo no hobby, isso pode ser surpreendente, já que um aquário de 54 litros tem por volta de 60 cm de comprimento.

Mas se você considerar as espécies e a quantidade de peixes que podem ser colocados em aquários desse tamanho, verá que realmente é um pouco limitado.

10 espécies ideais para aquário pequeno

Algumas espécies são mais adequadas para popular um aquário pequeno. Elas costumam ser menores, mais calmas e sujam menos, por isso são ideais para um aquário com pouco volume de água.

As melhores espécies para aquários pequenos são:

  • Tetra Neon – Peixes muito pequenos e com uma aparência muito marcante, com suas cores vermelha e azul brilhante. Seu tamanho diminuto os torna perfeitos para aquários pequenos. Também um favorito para aquários plantados, já que são calmos, não danificam as plantas e não são grandes o suficiente para tirar a atenção das plantas. É um peixe de cardume, portanto devemos ter pelo menos 5 no aquário.
    Tamanho: Por volta de 3 cm.
    Ph: Ácido
Tetra Neon
  • Tetra Mato Grosso – É um peixe avermelhado ou alaranjado, extremamente ativo e que deixa qualquer aquário mais animado. Tem também uma mancha preta no corpo perto da nadadeira. Costumam ter pequenas disputas entre os membros do cardume, mas não é comum se machucarem. Devem ser mantidos pelo menos 5 peixes da espécies no aquário.
    Tamanho: Por volta de 3 cm.
    Ph: Ácido
Tetra Mato Grosso
  • Lebiste (guppy) – Peixes muito pequenos e muito bonitos, com diversas cores e padrões diferentes. Os machos tem uma cauda grande e colorida, que chama muita atenção. As fêmeas tem uma cauda mais modesta e são mais encorpadas. São peixes resistentes e que se reproduzem com facilidade. Devem ser mantidos pelo menos 3 peixes da mesma espécie, e manter uma proporção de 2 fêmeas para cada 1 macho.
    Tamanho: Entre 3 cm e 5 cm
    Ph: Alcalino
Lebiste
  • Tetra Foguinho – Peixe muito pequeno, mas que chama muita atenção. Suas cor amarela alaranjada muito brilhante, faz com que esse peixe seja quase hipnótico. Ótima adição para aquários pequenos e plantados. Manter com pelo menos 5 peixes da espécie.
    Tamanho: Por volta de 2 cm
    Ph: Ácido
Foguinho
  • Tetra Rodostomus – Um dos meus peixes favoritos, possui a característica marcante de ter o “nariz” muito vermelho. Formam cardumes muito coesos e é possível ver os peixes nadando muito próximos por todo o aquário. São peixes um pouco sensíveis, principalmente ao transporte. Mas em um aquário equilibrado, pode viver muitos anos. Deve ser mantido em cardume de pelo menos 5 peixes da espécie.
    Tamanho: Por volta de 5 cm
    Ph: Ácido
Rodostomus
  • Betta – Um dos peixes mais famosos do mundo e um dos mais fascinantes também. Com caudas longas e cores exuberante, encantam a todos. Os machos devem ficar em aquários sem outros bettas, ou brigas podem ocorrer. Também é importante entender que
    eles devem ser mantidos em aquários de um tamanho apropriado para bettas.
    Tamanho: Por volta de 7 cm
    Ph: De ácido a neutro
Betta
  • Otocinclus (limpa-vidro) – Muito famoso entre iniciantes e experts, o limpa-vidro é um peixe muito exótico em aparência e muito funcional para o aquário. Costuma ser achado grudado no vidro (de onde vem seu nome), onde ele gosta de consumir as algas verdes e marrons que ficam no aquário. Por isso, ter alguns desses peixes no seu aquário, ajuda muito a controlar a quantidade de algas.
    Tamanho: Por volta de 5 cm.
    Ph: De ácido a neutro.
Ottocinclus
  • Coridoras – Peixes muito interessantes, com formato exótico. Passam a maior parte do tempo percorrendo o substrato a procura de restos de ração e outras fontes de alimentação. São peixes de cardume e deve ser mantidos em pelo menos 3 peixes da espécie.
    Tamanho: Por volta de 5 cm
    Ph: De ácido a neutro.
Coridora
  • Rasbora – Um peixe muito bonito com vários padrões de cores diferentes. São bem pequenos, animados e preferem aquários plantados. São peixes de cardume e precisam ser mantidos pelo menos 5 da mesma espécie.
    Tamanho: Por volta de 3 cm
    Ph: De ligeiramente ácido a ligeiramente alcalino.
Rasbora
  • Tanictis – Espécie pacífica, muito animada e com cores brilhantes. São pequenos e são uma ótima adição para aquários plantados. Devem ser mantidos em cardumes de pelo menos 5 peixes.
    Tamanho: Por volta de 3 cm
    Ph: De ligeiramente ácido a ligeiramente alcalino.
Tanictis

Calcule quantos peixes você pode ter no aquário

A medida que você se acostuma com criar e manter aquários, fica muito fácil saber quando tem peixes de mais um. Mas quando estamos começando é bem difícil ter essa noção.

Com os anos, o hobby do aquarismo foi madurecendo e surgiram algumas formas de calcular quantos peixes (e quais espécies) podemos ter dependendo da quantidade de litros. A maior parte desses métodos caiu em desuso, mas existe uma que é usada e apoiada por a maior parte dos aquaristas. É a regra do porte.

O que diz a regra do porte:

Peixes de 2 a 5 cm devem ter disponíveis 1,5 litros por cm
Peixes de 6 a 9 cm devem ter disponíveis 2 litros por cm
Peixes de 10 a 13 cm devem ter disponíveis 3 litros por cm
Peixes de 14 ou mais cm devem ter disponíveis 4 litros por cm

Essa regra relaciona o tamanho do peixe com quantos litros ele necessita. Então, se você tiver um aquário de 36 litros, você pode ter…

Quantos peixes de 5 cm:

5 cm x 1.5 = 7.5 litros por peixe.
Então 36 / 7.5 = 5 peixes aproximadamente

Quantos peixes de 3cm:

3 cm x 1.5 = 4.5 litros por peixe.
Então 36 / 4.5 = 8 peixes aproximadamente

Invertebrados para aquários pequenos

Além de peixes, alguns ótimos habitantes para aquários pequenos são os invertebrados. Dentre eles, se destacam os caramujos e os aquários. Alguns exemplos:

  • Caramujos – Amados por uns, odiados por outros, os caramujos são uma ótima adição para o aquário. Já que existem diversas espécies, de muitas cores diferentes e ainda são uma máquina de remover algas do aquário. Se destacam as ampulárias e os caramujos ramshorn.
Ampulária
  • Camarões neocaridinas – Camarões anões, perfeitos para aquários pequenos. Possuem as mais diversas cores, se reproduzem facilmente, gerando uma colônia de centenas de camarões. São muito ativos, consomem muitas algas e são perfeitos para aquários plantados.
Camarão Neocaridina
  • Camarões Fantasma – Outra ótima espécies de camarão, são muito resistentes e bonitos, mas tem uma particularidade: são transparentes. Nadam por todo o aquário e costumam saltar muito (por isso devem ser mantidos em aquários com tampa).
Camarão Fantasma

Cuidados necessários para aquários pequenos

Vale lembrar de um ponto essencial. Aquários menores são mais suscetíveis a mudanças bruscas de parâmetros como ph, temperatura, amônia… Sabendo disso, é muito importante manter uma ótima rotina de trocas parciais de água, ter um ótimo filtro e monitorar sempre amônia e nitritos no aquário. Além de fazer o período de ciclagem.

Mas quase todos os aquaristas começaram com um aquário pequeno, então caso seja iniciante, estude bastante, escolha os peixes adequados e seja bem-vindo a esse hobby maravilhoso.

Cansado de perder peixes? De ter seu aquário dominado por algas? Quer saber como virar um profissional na arte do aquarismo? O Curso de Aquarismo Completo Aquaon tem tudo que é preciso para montar e manter um aquário de dar inveja. Ainda é oferecida uma garantia de 7 dias para devolução, caso não fique satisefeito.

Curso de Aquarismo AquaOn

Publicado em 23 set, 2020

Autor: Rodrigo Matos é aquarista a mais de 20 anos, com dezenas de aquários montados a longo dessas duas décadas. Sua especialidade são aquários plantados, porém têm experiência com aquários marinhos, ciclideos, criação de neocaridinas, bettas, nanos, dentre outros. Atualmente está focado na criação de neocaridinas e em aquários densamente plantados.

Categorias:

Mais sobre Água Doce >

Aquário Ácido

ÚLTIMOS ARTIGOS >

Aquário Ácido