Logo PeixeseAquarismo.com

Peixe inchado: O que pode ser? Hidropsia, constipação…

Por: Rodrigo Matos | Atualizado em 16/06/2022

Se o seu peixe está com a barriga inchada, escamas eriçadas, dentre outras alterações, é extremamente necessário que você o examine com muita atenção. É importante investigar, pois esses são sinais de algumas doenças que podem ameaçar a vida do seu animal. Mas então, o que pode estar causando essas alterações?

Peixes que apresentam inchaço podem estar sofrendo de algumas doenças ou condições negativas, por exemplo: Hidropsia (barriga d’água), constipação, pop eye (olho inchado). Algumas dessas doenças são extremamente graves, então procure ajude de um veterinário imediatamente. Vamos entender agora, como identificar os sintomas dessas doenças e os tratamentos mais usados para salvar peixes nestas condições.

Doenças/condições que causam inchaço e como diagnosticar:

Hidropsia: Não é exatamente uma doença, mas sim uma infecção bacteriana muito comum no aquarismo de água doce, sendo seu principal agente causador a bactéria Aeromonas Punctata. Também é conhecida como barriga d’água ou ascite, essa infecção causa acumulo de líquido no abdome do peixe, gerando o inchaço aparente que tanto assusta o aquarista. Qualquer pessoa que cria peixes a alguns anos, provavelmente já teve pelo menos um peixe que sofreu com este problema. É um quadro grave e agudo, que precisa ser tratado com muita atenção. Infelizmente a taxa de mortalidade é bastante alta. Nas próximas seções do artigo, discutiremos os tratamentos mais usados.

Constipação: Assim como os seres humanos, peixem também podem sofrer de constipação. A principal causa para isso, são rações de baixa qualidade e com pouca concentração de fibras. Apesar de parecer ser um problema simples, se não tratado pode comprometer gravemente a saúdo do peixe. Nas próximas seções do artigo falaremos mais profundamente sobre como atacar este problema.

Pop Eye: Doença caracterizada por peixes com os olhos esbugalhados, saltando das órbitas. Isso acontece devido ao acúmulo de líquido na parte de trás do olho. Pode ocorrer em ambos os olhos ou em apenas um lado. É tratável, porém a recuperação não é garantida. Na maior parte dos casos ocorre cegueira nos olhos afetados e pode ser fatal.

Como tratar hidropsia em peixes

O tratamento para hidropsia é polêmico, pois muitas pessoas consideram que não existe cura comprovada e que a melhor decisão é eutanasiar o peixe. É uma escolha difícil que deve ser tomada entre o aquarista e um veterinário. Em todo caso, existem tratamentos em que aquaristas relataram sucesso, principalmente se feitos no início da doença. Portanto, ao menor sinal da doença, inicie o tratamento.

Se precisar de um aquário para ser hospital ou do Bacter da Labcon, você pode encomendar direto da Amazon:

Aquário Boyu Curvo Preto MS-420 40L
Alcon Labcon Bacter 10 Caps

Guia Definitivo do Betta
Guia Definitivo do Betta

Como tratar constipação em peixes

Muito mais fácil de tratar do que a hidropsia, o tratamento consiste em alimentação de qualidade e focada em fazer o sistema intestinal do peixe funcionar adequadamente:

Como tratar pop eye em peixes

O tratamento deve ser iniciado logo no inicio dos sintomas, afim de tentar salvar a visão e até mesmo a vida do peixe. Apesar de também ter uma alta taxa de fatalidade, a cura de pop eye costuma ser mais fácil do que a de hidropsia. O tratamento é:

Isole o peixe: Sempre em um aquário hospital, os medicamentos utilizados afetam a biologia do aquário.

Aplique um remédio contra bactérias e outro contra protozoários: É preciso atacar os dois tipos de agentes causadores dessa doença. Por isso, é preciso usar um remédio contra infecções bacterianas como Labcon Bacter e outro para protozoários, como o Labcon Ictio.

Como prevenir hidropsia e popeye nos seus peixes

A melhor forma de prevenir essas doenças é cuidar do bem estar físico e mental dos seus peixes. Os parâmetros da água devem estar sempre no ideal para a sua fauna, ou seja: amônia e nitritos zerados, faixa de ph e temperatura adequadas, oxigenação apropriada e sem superlotação no aquário. Também evite manter peixes muito agressivos juntos, pois estresse e traumas físicos são dois facilitadores para o aparecimento das doenças.

Vale lembrar que em suspeitas de doenças, é fundamental consultar um veterinário. As informações apresentadas aqui, relatam tratamentos usados por muitos aquaristas, mas não substituem o conhecimento e experiência de um profissional.

Referencias bibliográficas:

Quer conhecer nossos aquários, enviar perguntas e receber as melhores dicas de aquarismo? Se inscreva aqui!

Autor: Rodrigo Matos é aquarista há mais de 20 anos, com dezenas de aquários montados a longo dessas duas décadas. Suas especialidades são aquários plantados e peixes bettas, porém têm experiência com aquários marinhos, aquários nanos, ciclideos, criação de neocaridinas, dentre outros. Atualmente está focado na criação de neocaridinas e em aquários densamente plantados.

Mais sobre Aquário de Água Doce

água ficando verde no aquário
Algas
Água do aquário ficando verde. Veja por que acontece e como resolver.

Você se esforça para manter seu aquário lindo e saudável, mas de repente, começa a…

Continue lendo
Aquário cristalino
Como cuidar de um aquário? 12 dicas para ter o aquário perfeito

Para quem está começando, manter um aquário limpo, saudável e cristalino é um grande desafio….

Continue lendo
Água da torneira
Aquário de Água Doce
Pode colocar água da torneira no aquário?

Para quem já tem aquários há bastante tempo essa pergunta pode parecer muito fácil de…

Continue lendo
Aquário Ácido
Aquário de Água Doce
Como abaixar o pH do aquário: Veja como deixar seu aquário ácido

Um cardume de peixes coloridos nadando, pode ser uma visão bastante hipnotizante e até bastante…

Continue lendo
Aquário
Aquário de Água Doce
Como elevar o pH do aquário: Aprenda a deixar o pH alcalino

Mesmo se não houver um fluxo de água constante, ou mudanças na iluminação, a composição…

Continue lendo
Aquário e aquapaisagismo
Aquário Plantado
Aquapaisagismo: O que é, estilos e como começar.

O aquapaisagismo está para os aquários assim como a jardinagem está para os vasos de…

Continue lendo