Logo PeixeseAquarismo.com

Como elevar o pH do aquário: Aprenda a deixar o pH alcalino

Mesmo se não houver um fluxo de água constante, ou mudanças na iluminação, a composição química da água não é estática. Em alguns casos, elevar o pH do aquário pode ser necessário para manter um ecossistema saudável e próspero em seu aquário.

O nível de pH da água muda em apenas algumas horas. Visto de fora, seu aquário pode parecer limpo e extremamente saudável. Porém, algumas substâncias invisíveis podem aumentar os níveis de pH e criar um ambiente insalubre para os peixes.

Embora algumas espécies não sejam adequadas para água altamente alcalina, outras precisam de pelo menos um pouco de alcalinidade para viverem bem. Felizmente, existem maneiras fáceis de aumentar e manter níveis saudáveis de alcalinidade em seu aquário. 

Neste artigo, explicaremos como você pode elevar o pH do aquário de diferentes formas. Porém, primeiramente, é preciso entender melhor por que o nível de pH da água é algo tão essencial.

Como os níveis de pH podem afetar a química da água?

O pH da água é medido em uma escala que varia de 0 a 14. De acordo com a escala, um pH de 7,0 é neutro. Qualquer coisa abaixo desse número significa que as condições são mais ácidas e em níveis acima de 7,0 você tem água alcalina. 

O pH pode afetar vários outros elementos de qualidade e química da água em sua configuração.

Se o pH cair abaixo de 6,0, as bactérias responsáveis ​​por se livrar da amônia, nitritos e outros elementos tóxicos da água começam a morrer. O resultado mais provável é um pico de amônia, potencialmente levando à morte de algumas espécies de peixes. 

Aquário com Platys
Curso Aquarismo de Água Doce
Curso On-line Completo de Aquarismo

Um pH de 7,0 é considerado neutro. A maioria dos peixes e criaturas de água doce precisam de um pH entre 6,8 e 7,6, dependendo do tipo de aquário que habitam. No entanto, diferentes espécies de peixes prosperam em vários ambientes aquáticos. 

Não existe realmente um nível de pH específico que funcione para todas as espécies. Alguns peixes costumam viver em um ambiente aquático um pouco mais ácido, enquanto outros dependem de águas mais alcalinas para sobreviverem. 

Portanto, para preservar a saúde dos seus pets aquáticos, é preciso primeiro conhecê-los bem. Se o seu aquário está com um nível de pH abaixo do recomendado para as espécies que está criando, invista em uma das 5 dicas a seguir. 

Como elevar o pH do aquário: 5 métodos para corrigir o problema

Como mencionado anteriormente, uma queda acentuada no pH pode causar sérios problemas para seus peixes. Vamos examinar a seguir as maneiras mais seguras, rápidas e simples de elevar o pH do aquário:

1. Aeração de água

Aumentar a quantidade de oxigênio dissolvido na água é um método eficaz para aumentar o nível de pH. Além disso, a técnica também reduz a concentração de dióxido de carbono. 

O dióxido de carbono é ácido e produz ácido carbônico quando é dissolvido. Portanto, níveis elevados de ácido carbônico reduzirão significativamente o pH da água.

Para oxigenar água:

  • Posicione a saída do filtro do aquário acima da superfície da água. Isso agita a água, auxiliando no movimento do oxigênio do ar acima da água.
  • Use uma bomba de ar para aumentar o fluxo dentro do aquário. Isso também serve para mover o ar para a água. No entanto, certifique-se primeiro de que seus peixes são tolerantes a fortes correntes.

2. Trocas parciais de água (TPA)

À medida que poluentes como os resíduos dos peixes se acumulam na água do aquário, o pH pode cair gradualmente. Remover os poluentes do aquário, definitivamente, ajudará a trazer o pH do aquário de volta ao seu nível ideal. 

Para isso, a cada duas semanas, remova cerca de 15 a 20% da água e substitua-a – só não se esqueça de tratar a água antes de despejá-la no aquário.

Mudar pequenos volumes de água regularmente é muito mais seguro do que substituir toda a água do aquário de uma vez só.

3. Adicionar bicarbonato de sódio

Adicionar uma pequena quantidade de bicarbonato de sódio é outro método comum que aumenta o pH da água do aquário. No entanto, você precisa fazer isso regularmente para manter os resultados ou o pH cairá rapidamente de volta ao seu nível original.

Adicione 1 colher de chá de bicarbonato de sódio por 5 galões de água para elevar o pH do aquário, mas faça isso lentamente para não estressar seus peixes.

Você também pode comprar produtos químicos, que elevam os níveis de pH do aquário como acontece com o bicarbonato de sódio; mas lembre-se você também precisará reaplicá-los regularmente para manter os níveis estáveis.

4. Mudar o substrato do aquário

Uma maneira muito eficaz de elevar o pH do aquário é usar um tipo diferente de cascalho como substrato. Os melhores cascalhos à base de carbonato de cálcio são:

  • Calcário;
  • Coral esmagado (pedaços de cascalho de carbonato de cálcio);
  • Pedra de coral.

No entanto, você deve verificar o pH regularmente depois de trocar o substrato, pois seu pH pode ficar significativamente mais alto do que você pretendia. 

5. Evite usar troncos

Você está usando troncos ou outras madeiras para decorar seu aquário? Você pode considerar substituí-los por outro tipo de decoração. As madeiras podem gerar taninos e alterar os níveis de ácido tânico na água, o que faz com que o pH caia.

Você pode resolver esse problema substituindo a madeira natural por decorações de resina que se parecem com madeira. No entanto, se você quiser manter a madeira, pode tentar fervê-la para se livrar dos taninos. 

Considerações Finais

Para manter seus bichinhos felizes, saudáveis ​​e prósperos, você deve ter os níveis de pH corretos em seu aquário para as belas espécies de peixes que você está mantendo.

Problemas com um pH muito baixo podem ser superados usando um ou mais dos métodos sugeridos neste artigo. 

No entanto, é importante observar que o nível de pH deve permanecer estável, pois as flutuações na química da água podem ser fatais para algumas das espécies de peixes mais sensíveis.

Cansado de perder peixes? De ter seu aquário dominado por algas? Quer saber como virar um profissional na arte do aquarismo? O Curso de Aquarismo Completo Aquaon tem tudo que é preciso para montar e manter um aquário de dar inveja. Ainda é oferecida uma garantia de 7 dias para devolução, caso não fique satisefeito.

Curso de Aquarismo AquaOn

Publicado em 4 out, 2021

Autor: Rodrigo Matos é aquarista a mais de 20 anos, com dezenas de aquários montados a longo dessas duas décadas. Sua especialidade são aquários plantados, porém têm experiência com aquários marinhos, ciclideos, criação de neocaridinas, bettas, nanos, dentre outros. Atualmente está focado na criação de neocaridinas e em aquários densamente plantados.

Categorias:

Mais sobre Água Doce >

Aquário Ácido

ÚLTIMOS ARTIGOS >

Aquário Ácido