Logo PeixeseAquarismo.com

Betta com fungos – Como identificar e tratar

Um betta com manchas brancas, semelhantes a tufos de algodão, é um grande candidato a estar com uma infecção por fungos. Sendo a mais provável, a famosa doença do algodão, provocada pelo fungo Saprolegnia sp.

O Saprolegnia, que causa os fungos no betta, é uma infecção oportunista que acomete peixes de água doce, especialmente aqueles com sistema imunológico enfraquecido. O betta acometido, fica com tufos brancos por sua pele.

Em casos extremos, doença do algodão pode até matar o peixe. Sendo recomendado tratar o betta assim que a doença surge. Além disso, é extremamente importante tomar as precauções necessárias para evitar o surgimento dessa, e de qualquer outra doença. Protegendo assim, o seu betta de infecções primárias e secundárias.

O que são os tufos brancos no betta?

Os tufos brancos parecidos com algodão que surgem no peixe, são o principal sinal da infecção pelo fungo. Esses tufos podem ser brancos ou acinzentados e costumam acometer principalmente a pele, nadadeiras e olhos do betta. No casos mais sérios, os tufos podem cobrir por volta de 80% da pele do animal.

Além dos tufos, a doença também pode causar letargia, perda ou danos na escama, apodrecimento das nadadeiras, dentre outros sintomas. Devido aos impactos, a infecção por Saprolegnia, pode ser uma grande ameaça a vida do seu peixe.

Saprolegnia – O que é?

A Saprolegnia é uma família de fungos muito comum e pode afetar praticamente todas as espécies de peixe da água doce. Quando infecta um peixe, o fungo se alimenta do material orgânico morto do peixe. Além disso, o fungo se reproduz por esporos, se espalhando na água, substrato e outras superfícies. Quando encontra um peixe debilitado, a infecção ocorre com muita facilidade.

Esporos de Saprolegnia
Curso Aquarismo de Água Doce
Curso On-line Completo de Aquarismo

Causas da doença do algodão no betta

Como dito anteriormente, a saprolegnia é um fungo oportunista, então os betta mais suscetíves a infecção são justamente os que já tem algum espécie de dano ou doença. Além disso, peixes com a imunidade abalada, são alvos fáceis para a doença.

Então, qualquer fator que venha a atrapalhar a saúde do seu betta, pode contribuir para o aparecimento da doença do algodão. Dentre os fatores, podemos destacar:

  • Água do aquário suja – Um aquário que não é bem tratado, onde não são feitas trocas parciais de água e manutenção de filtros, tende a ter uma alta concentração de amônia e nitritos, portanto é um aquário mais suscetível a doenças. Isso também vale para os fungos, pois aquários sujos, afetam a imunidade do peixe, e facilitam as infecções por saprolegnia.
  • Danos na pele – Como a doença do algodão é principalmente uma infecção oportunista, cortes e traumas na pele são grandes portas de entrada para essa infecção, que se instala na pele danificada.
  • Betta com alimentação pobre – Uma boa nutrição é um dos fatores principais a influenciar na saúde de qualquer animal. Portanto, um betta que não é bem alimentado, com variedade e na quantidade certa, tende a ser mais facilmente infectado.
  • Betta estressado – Qualquer fator de estresse, pode desencadear problemas na imunidade do betta. Dessa maneira, manter o animal em um ambiente com muitos fatores de estresse (como super população, barulho excessivo, aquários pequenos…), afeta fortemente a imunidade do betta.
  • Parâmetros de temperatura e PH incorretos – É sempre importante seguir os parâmetros ideais para a espécie que estamos criando. Mas infelizmente, muitas pessoas criam bettas em condições horríveis, facilitando a adoecimento do peixe.
  • Outras doenças – A presença de outras doenças é um grande fator de risco para a contaminação com saprolegnia. O fungo se aproveita da imunidade afetada e de quaisquer danos na pele do animal, para se instalar. Dessa maneira, piorando ainda mais a saúde do betta.

Como tratar os fungos no betta

Como com qualquer doença de animais de estimação, é preciso consultar um veterinário para ter um diagnóstico certo e receber uma recomendação de tratamento adequada. Portanto, os tratamentos listados abaixo, são apenas relatos de tratamentos mais utilizados para lidar com essa doença.

  • Como todo tratamento, o ideal é fazê-lo em um aquário hospital.
  • Recomenda-se fazer uma volumosa troca parcial de água (cerca de 50%), afim de diminuir qualquer poluição ou agentes nocivos na água.
  • Caso não exista espécies sensíveis a sal, usar uma colher de chá de sal grosso para cada 20 litros de água.
  • Deve se usar o Aqualife da Labcon, na dose de 1 gota para cada 2 litros. Além disso, 48h após a aplicação, deve se fazer uma nova troca parcial e em seguida, reaplicar o Aqualife. Então, deve se repetir esse passo até que os sintomas diminuam.

Fazendo o tratamento e cuidando da qualidade da água, portanto a mantendo limpa e nos parâemtros ideais, a recuperação é muito provável.

Como evitar fungos no betta

A melhor maneira de manter seu betta longe da doença do algodão é o manter saudável e com a imunidade forte. Um bom aquário, ou seja, de tamanho adequado e com um filtro, também é um fator extremamente importante para o bem estar do seu animal, e em consequência, ajudar a evitar a maior parte das doenças.

Algumas maneiras de manter seu betta forte contra a saprolegnia:

  • Aquário adequado – Dessa maneira, atente para tamanho e filtragem. Um betta em um aquário minúsculo e sem filtro, não terá uma vida muito longa e não será um peixe feliz.
  • Alimentação rica – Dê apenas rações de qualidade, e sempre que possível, varie as rações. Além disso, dar alimentos vivos, como artêmias, ajudam muito na imunidade do betta.
  • Aquário limpo – Sempre faça testes de amônia e nitrito, que devem estar sempre zerados ou muito perto disso. Então, mantenha as trocas parciais em dia.
  • Coloque qualquer peixe doente em quarentena – A notar qualquer sinal de enfermidade, é sempre importante isolar o animal em um aquário hospital, assim, é possível manter os outros habitantes do seu aquário saudáveis, sem ser contaminados pela doença.
  • Peixes novos também devem ser colocados em quarentena – Sempre que adquirir um novo peixe, lembre-se de mantê-los em quarentena, para checar se eles não estão trazendo algum agente nocivo para seu aquário.

Fonte: (Kiesecker et al., 2001); From: Fungal Ecology, 2014

Quer que seu betta fique colorido e saudável? Quer um betta forte e resistente a doenças? Além disso, sabia que você pode fazer o betta viver até o dobro do tempo? No curso Peixe Betta Saudável você decubrirá como criar o Aquário Perfeito, Ter um Peixe Betta que Vive o Dobro do Tempo com Muito Mais Saúde e Energia, Sem Precisar Gastar Dinheiro com Equipamentos Desnecessários!

Curso do Peixe Betta Saudável

Publicado em 7 Maio, 2021

Autor: Rodrigo Matos é aquarista a mais de 20 anos, com dezenas de aquários montados a longo dessas duas décadas. Sua especialidade são aquários plantados, porém têm experiência com aquários marinhos, ciclideos, criação de neocaridinas, bettas, nanos, dentre outros. Atualmente está focado na criação de neocaridinas e em aquários densamente plantados.

Mais sobre Doenças de peixes >

Betta
Peixe betta boiando lateralmente. Ele está doente?
Doenças de peixes
Kinguio nadando para cima
Peixe boiando de lado – Doença da bexiga natatória. O que fazer?
Doenças de peixes
Íctio
Íctio ou doença dos pontos brancos. O que é e como tratar?
Água Doce
Peixe com hidropsia
Peixe inchado: O que pode ser? Hidropsia, constipação…
Água Doce
Betta Azul e Branco
Peixe betta perdendo a cor. Por que acontece e o que fazer?
Água Doce
betta cauda desfiada
Peixe betta: Cauda desfiada? Aprenda o que fazer.
Água Doce

ÚLTIMOS ARTIGOS >

Aquário Ácido
Como abaixar o pH do aquário: Veja como deixar seu aquário ácido
Água Doce
Aquário
Como elevar o pH do aquário: Aprenda a deixar o pH alcalino
Água Doce
Aquário e aquapaisagismo
Aquapaisagismo: O que é, estilos e como começar.
Água Doce
TPA
Troca parcial de água: Como limpar seu aquário?
Água Doce
Peixes em Aquário
Veja mais de 150 Nomes Para Peixes de Aquário e escolha o seu
Iniciante
Peixe Palhaço
Peixe Palhaço – Guia Completo com fotos. Aprenda como cuidar da espécie.
Peixes de Água Salgada