Logo PeixeseAquarismo.com

Quanto tempo os peixes podem ficar sem comer?

Quem nunca teve que se ausentar de casa numa emergência e acabou esquecendo de alimentar seus peixes? Ou então foi viajar, mas acabou voltando mais tarde do que esperado, deixando seus peixinhos mais tempo do que o esperado sem comer? Certamente não é o ideal, mas dificilmente um aquarista com muitos anos de experiência não passou por isso. Mas quanto tempo será que nossos peixes conseguem ficar sem comida?

Dependendo das condições do peixe, ele pode ficar de 3 dias até 1 semana sem comida, no entanto, algumas espécies conseguem ficar até mais de 2 semanas sem alimento e ainda assim sobreviver. Existem até algumas espécies na natureza que podem viver mais de um mês sem comida, quando estão cuidando dos seus filhotes. Portanto, não se desespero se tiver que ficar um dia a mais na sua viagem, ou se tiver que se ausentar por um fim de semana.

Apesar disso, vale lembrar que a nutrição é um dos principais fatores na hora de manter seus peixes saudáveis, sendo assim, alimentar seus peixinhos com rações de qualidade, na frequência correta. Outro ponto importante é que cada espécie de peixe tem um limite diferente de quanto tempo pode ficar sem comer, sem grandes consequências. A seguir, vamos falar mais sobre essa diferença entre as espécies e também como alimentar seus peixes quando você estiver fora de casa.

Quanto peixes podem ficar sem comer?

A maioria das pessoas acabam alimentando demais seus peixes, inclusive, essa é umas das principais causas de acumulo de amônia e outros poluentes no aquário. Então, faz muito sentido que as pessoas tenham tanto medo de que seus peixes morram, ao ficarem um ou dois dias sem comer. No entanto, na natureza é extremamente comum que peixes passem muitos dias sem achar comida e mesmo assim eles sobrevivem.

Muitos fatores afetam o quanto um peixe precisa de comida por dia, e portanto, quanto tempo pode ficar sem comer. Alguns dos principais são tamanho, nível de atividade, temperatura da água e idade. Peixes maiores e mais lentos, tendem a poder ficar mais tempo sem comer, já peixes ativos e menores costumam precisar de comida com mais frequência. Da mesma forma, peixes mais velhos tem metabolismos mais lentos, portanto comem menos. A temperatura da água em que vivem também influencia a necessidade por comida, já que águas mais frias diminuem o metabolismo.

Quanto tempo cada espécie pode ficar sem comer?

É difícil ter uma resposta extremamente precisa sobre isso, já que um estudo científico sobre o assunto necessitaria do sofrimento de muitos peixes. Felizmente, o site https://aquanswers.com/ fez uma pesquisa com aquaristas e chegou a um guia geral para algumas das espécies mais populares;

Peixe:Tempo máximo que pode ficar sem comida, sem grandes consequências
Betta1 à duas semanas
KinguioAté 1 semana e meia
Guppy/LebisteAté 1 semana e meia
TetrasAté 1 semana e meia
PlatysAté 2 semanas
MolinésiaAté 2 semanas
Acará BandeiraAté 1 semana
DiscosAté 2 semanas
CascudosAté 2 semanas
OscarsAté 2 semanas
CorydoraAté 2 semanas
GouramisAté 2 semanas
Guia Definitivo do Betta
Guia Definitivo do Betta
Peixes nadando esperando ração

Como alimentar seus peixes enquanto você estiver fora

Existem pelo menos, duas abordagens possíveis, portanto é possível evitar que seu peixe passe fome durante suas férias e ausências. A primeira opção é muito similar a que usamos quando vamos deixar nossos cachorros e gatos em casa. Portanto, se você vai se ausentar por muito tempo, vale a pena perguntar a amigos e familiares se eles podem aparecer na sua casa de tempos em tempos e alimentar seus peixinhos. Certamente não é a solução mas tecnológica ou requintada, mas é eficiente.

Então, pegue sua lista de contatos e veja se alguém pode te ajudar nessa agradável tarefa de alimentar seus peixes. Ah, mas não se esqueça de ensinar a quantidade apropriada de alimento, para não acabar afetando a saúde do peixe negativamente, por excesso de comida.

A segunda opção é ótima para quando você não quer pedir alguém para ir a sua casa alimentar seus animais. Hoje já existem alimentadores automáticos extremamente eficientes, com uma grande variedade de preço e capacidade, portanto, é possível utilizá-los em todos os tipos de aquários.

Com esse dispositivo, você terá total controle da dieta do seu peixe enquanto você está fora. Seu peixe não apenas sobreviverá, como também manterá sua dieta normal (ou muito próximo disso), garantindo a nutrição e bem estar do animal. Outra vantagem desta abordagem em relação à anterior, é que o alimentador automático, nunca dará comida demais para seus peixes, já que sempre entrega exatamente a porção que você definir. Já quando pedimos para alguém alimentar nossos peixes, é bastante comum que seja usada ração demais, prejudicando os peixes e a qualidade da sua água.

Conclusão

De fato, peixes são animais resistentes e podem sobreviver muito tempo sem receber alimentos, alguns podendo ficar até semanas sem receber nenhuma espécie de ração. No entanto, com a tecnologia que temos hoje, não existe mais necessidade de fazer seus peixes passarem por isso. Logo, se for se ausentar por longos períodos, compre um alimentador automático, ou pelo menos chame algum conhecido para alimentar seus peixinhos enquanto você está fora.

Cansado de perder peixes? De ter seu aquário dominado por algas? Quer saber como virar um profissional na arte do aquarismo? O Curso de Aquarismo Completo Aquaon tem tudo que é preciso para montar e manter um aquário de dar inveja. Ainda é oferecida uma garantia de 7 dias para devolução, caso não fique satisefeito.

Curso de Aquarismo AquaOn

Publicado em 16 mar, 2022

Autor: Rodrigo Matos é aquarista a mais de 20 anos, com dezenas de aquários montados a longo dessas duas décadas. Sua especialidade são aquários plantados, porém têm experiência com aquários marinhos, ciclideos, criação de neocaridinas, bettas, nanos, dentre outros. Atualmente está focado na criação de neocaridinas e em aquários densamente plantados.

Mais sobre Iniciante >

TPA
Troca parcial de água: Como limpar seu aquário?
Água Doce
Peixes em Aquário
Veja mais de 150 Nomes Para Peixes de Aquário e escolha o seu
Iniciante
Ventoinhas
Como esfriar o aquário. Veja os 3 métodos mais eficientes.
Água Doce
Peixes de aquário pequeno
Melhores Peixes para Aquários Pequenos. Conheça as Espécies.
Água Doce
peixes ornamentais
Peixes Ornamentais: Quais os tipos e que espécies escolher.
Iniciante
betta colorido
Peixe betta macho e fêmea. Podem ficar juntos?
Água Doce

ÚLTIMOS ARTIGOS >

Betta Amarelo
Como deixar o peixe betta feliz
Peixe Betta
piranhas
Peixes Carnívoros de Aquário: Piranhas e outras espécies predadoras
Peixes de Água Doce
Como alimentar seus peixes durante viagens
Quanto tempo os peixes podem ficar sem comer?
Iniciante
Peixe se esfregando
Peixe se esfregando na decoração e nas pedras. O que fazer?
Doenças de peixes
Betta no fundo do aquário
Peixe Betta parado ou deitado no fundo do aquário
Peixe Betta
Aquário Ácido
Como abaixar o pH do aquário: Veja como deixar seu aquário ácido
Água Doce